Contact Us × +
Nama

Email Address*

Pesan*


‘Mataram ele por engano’, diz irmão do homem executado na ‘Praia dos Crush’

‘Mataram ele por engano’, diz irmão do homem executado na ‘Praia dos Crush’
Irmão do homem executado na Praia de Iracema no último sábado, Franciso Wildney Silva de Souza disse que não há razões que expliquem o assassinato de seu irmão, Francisco Wildson Silva, no trecho conhecido como ‘Praia dos Crush’. Ele afirmou que o mais provável é que tenham atirado ‘por engano’.
Para Wildney, seu irmão foi morto ‘por engano’, já que, conforme diz, nunca se envolveu com qualquer atividade criminosa. Ainda segundo ele, o irmão não conhecia o atirador, que teria agido a mando de uma facção criminosa.
Francisco Wildson foi morto na noite do último sábado, no trecho conhecido por Praia dos Crush, por volta das 19h45. Os tiros causaram pânico e correria das pessoas que estavam no local e buscavam um local seguro. Segundo o sargento Edilberto, do Batalhão de Policiamento Turistico, ao ouvirem os disparos, ele e outro PM correram ao local e avistaram um homem com arma em punho e o outro baleado.
Ainda de acordo com o sargento, o suspeito chegou a atirar contra um dos PMs, mas a arma falhou. O atirador se chama Jefferson, apelidado de ‘Gegê’. Ele tem 18 anos e foi preso em flagrante e encaminhado ao 2º Distrito Policial. Segundo a PM, ele tem antecedentes criminais.
A vítima foi atingida no tórax, no pescoço e teve múltiplas lesões. Uma mulher que o acompanhava, cujo nome ainda não foi divulgado, também foi baleada e encaminhada ao Frotinha da Parangaba.